AG16-SET600

Projeto: Célula de controlo por visão artificial

Cliente: GLNPLAST, S.A.

Descrição do projeto: A célula robótica AG44 - BSI tem a particularidade de realizar duas tarefas distintas:

  • Controlo de qualidade de peças de plástico com o uso de visão artificial;

  • Embalamento das peças de plástico após o controlo de qualidade;

O sistema automatizado está a trabalhar em simultâneo com a máquina de injeção. Após o ciclo de injeção, o Robô Cartesiano remove as peças de plástico do molde e coloca-as num gabarito de transferência. O Robô colaborativo é responsável por executar 3 tarefas:

  • Remover peças de plástico do gabarito de transferência;

  • Levar peça de plástico à estação de visão artificial para controlo de qualidade;

  • Colocar peça de plástico em caixa de cartão;

O processo de embalamento é realizado de forma automática após ajustamento dimensional de tabuleiros de cartão. Desta forma é garantido que as peças de plástico sejam colocadas nas caixas sem que as mesmas fiquem danificadas.

AG44-ASM-001-PIC002 - EDIT 1.png

Visão Artificial

Tecnologias utilizadas no projeto:

Para a manipulação de peças de plástico é utilizado o robô colaborativo UR5e. Este robô tem a particularidade de ser leve e adaptável, o que torna ideal no uso da célula robótica AG44 - BSI. 

No processo de controlo de qualidade é utilizado a tecnologia de Visão Artificial. Com o uso desta tecnologia é possivel controlar se a peça de plástico se encontra em perfeitas condições para embalamento. Para que o sistema consiga controlar toda a geometria da peça, o robô foi programado para "mostar" várias partes da peça de plástico, assim o sistema torna-se mais robusto para detetar defeitos.

Desenvolvimento por medida:

No Projeto AG44 - BSI existiu a necessidade de desenvolver por medida vários componentes para lidar com as peças de plástico. Após o Robô Cartesiano presente na injetora remover as peças de plástico do molde, é necessário alocar essas peças de plástico numa posição conhecida para que o robô UR5e consiga fazer o pick correto. Para esse fim foi desenvolvido por medida gabaritos com detenção para alocar as peças de plástico.

 

Para o processo de embalamento das peças de plástico foram desenvolvidos componentes para auxílio do embalamento. Antes do embalamento o sistema verifica se as caixas estão desimpedidas. Após esse desimpedimento existe uma ferramenta que vai auxiliar na abertura das caixas, de modo a que o robô consiga inserir as peças de plástico sem danificar a caixa de cartão.